Kim Dongwan

A história de Kim Dongwan

– por uma fã –

Texto & Imagem: Tatiana

Kim Dongwan nasceu em 21 de novembro de 1979. Sul Coreano, filho único muito amado, com uma infância padrão, comum a praticamente todas as crianças da época. Se não fosse por uma pequena coisa em sua vida: a criancinha que costumava vestir trajes típicos se tornaria parte de uma das maiores sensações da música Sul Coreana, sendo plenamente reconhecido por seu talento como artista. Ele nasceu para tornar-se uma lenda. [1]

Kim Dongwan começou sua carreira no Shinhwa em 1998. Ele tinha apenas 19 anos de idade, e foi encontrado por um produtor do H.O.T. O H.O.T. era uma das boybands mais famosas na Coreia do Sul, à época, e Kim Dongwan foi encontrado nas ruas, carregando um enorme urso de pelúcia. De início, ele levou o produtor à sério, achando que ele não dizia a verdade. E a sua carreira musical estava para se tornar realidade através de um grupo masculino, formado por dois amigos, MC Mong e In Chang. Mas esse grupo, que se chamaria BOB, não passou de uma ideia e nunca aconteceu. Encarando sua frustração, Kim

Dongwan decidiu, então procurar o produtor que tinha deixado com ele um cartão.

Ele teve que competir com outros garotos e foi selecionado para fazer parte do grupo pop que se tornaria uma grande história da música Sul Coreana, o Shinhwa. Os outros integrantes eram Eric Mun, Andy Lee, Shin Hyesung, que nasceram nos Estados Unidos, e Park Junjin e Lee Minwoo.

O Shinhwa nasceu, e debutou no dia 24 de março de 1998, sendo que seu primeiro álbum denominado Hae Gyul Sa (The Solver). Juntos, o Shinhwa lançou diversos álbuns, compilações especiais e coletâneas. Durante o tempo de sua formação, o Shinhwa ganhou prêmios importantes, como daesang de melhor grupo e álbum, e em 2008 tornou-se a boyband de maior longevidade na Coreia do Sul.

Quase todos os integrantes do Shinhwa tiveram carreiras solo, durante algumas pausas do grupo. Kim Dongwan, no entanto, um dos mais importantes cantores do grupo (que iniciou com 3 cantores e 3 rappers, Kim Dongwan sendo considerado o terceiro cantor), sempre teve uma atitude voltada para o coletivo e não alçoo voos solos, no início, mesmo com ele passando a ter cada vez mais participação nas músicas do Shinhwa no decorrer dos anos.

O que Kim Dongwan fazia, durante as pausas do Shinhwa, era dedicar-se à sua carreira de ator, como seu companheiro Eric Mun. Ele atuou em dramas como Goodbye Sadness (também conhecido como A Farewell to Sorrow) e o Best Theater, além da sua participação como ator principal no filme, Spinkick (Taekowndo Boys).

Sua participação em seriados de TV foi muito elogiada, mas o filme, Spinkick não obteve sucesso, o que fez Kim Dongwan muito triste. Ele inclusive voltou a fumar por causa do stress do filme. Felizmente, ele já abandonou esse péssimo hábito.

Em 2007, no entanto, ele decidiu iniciar sua carreira solo e lançou um álbum completo, Kim Dongwan Is. O lançamento desse álbum – que atrasou alguns meses – causou um pequeno choque entre as fãs, que esperavam por um single, como de costume. Mas o álbum, com 12 canções completas, a maioria inéditas, e muitas participações especiais, chegou ao topo das paradas musicais como o Hanteo Chart e o Hottracks, mantendo-se na primeira posição por vários dias.

Ao mesmo tempo que gravava seu primeiro álbum, Kim Dongwan também fez parte – como personagem principal – do seriado de TV The Person I Love da SBS. O seriado, com uma trama muito intensa e complicada, não teve uma boa resposta da audiência e acabou terminando 10 episódios antes do previsto. Novamente, Kim Dongwan saboreava o desapontamento com a carreira de ator, mas ele chegava mais e mais forte com seu talento musical.

No início de 2008, Kim Dongwan retomou seus trabalhos com o Shinhwa para as gravações do nono álbum do grupo, o Shinhwa 10th Aniversary Edition, e o grupo encontrou-se com seus fãs para dois concertos na Coreia do Sul, para celebrar o seu décimo aniversário. O Shinhwa estava, oficialmente, encerrando suas atividades por tempo indeterminado, porque os integrantes precisavam alistar-se no serviço militar. Eric, Minwoo e Dongwan deveriam alistar-se em 2008.

Não muito depois das gravações com o Shinhwa, menos de 1 ano após lançar seu primeiro álbum e de fazer muitas apresentações, Kim Dongwan presenteou os fãs com seu segundo álbum, The Secret; Between Us. O álbum veio com 14 faixas inéditas, em um estilo musical único, com praticamente nenhuma participação especial – apenas a voz pura de Kim Dongwan. Foi um sucesso, e uma satisfação para os fãs. Por causa das atividades de seu novo álbum, Kim Dongwan adiou seu alistamento – que estava previsto para abril de 2008 – para novembro, quando, alguns dias depois de completar 30 anos, ele entrou para o serviço militar no centro de treinamento de GongJu.

Entre os meses de julho e outubro, Kim Dongwan aproveitou para promover sua música. Ele realizou um showcase especial para alguns fãs e para a imprensa, em 23 de julho de 2008, apresentando músicas do seu segundo álbum e lançando, no mesmo dia, uma versão repack, denominada The Secret part II – contendo duas canções inéditas, Later (Huae) e Goodbye Call (Ibyeoljeonhwa), com a participação de Kim JaeSeok.

Em setembro de 2008, Kim Dongwan realizou seu primeiro concerto solo, denominado Promise, que aconteceu em duas apresentações nos dias 21 e 22. O concerto foi um sucesso, contou com a participação de integrantes do Shinhwa e foi filmado para o lançamento posterior de um DVD ao vivo. [ veja a página com informações sobre o concerto ]

Em 06 de novembro de 2008, dias antes de alistar-se para o exército, Kim Dongwan lançou seu último trabalho musical antes do serviço militar obrigatório, o single Promise. Contendo apenas 2 músicas inéditas, Promise (Yaksok) e Can’t Forget (Mothijeo). O encarte do CD é formado por fotos de fãs, e o clipe musical de Don’t Forget levou os fãs às lágrimas, ao mostrar Kim Dongwan cortando dos cabelos no estilo exigido para o serviço militar, e despedindo-se do show bizz por um período de 2 anos. [ veja o clipe ]

OS TEMPOS DO SHINHWA

De terceiro cantor a “garoto esperto” – sua evolução no Shinhwa

Kim Dongwan entrou para o Shinhwa como terceiro cantor. Sua participação era menor do que as de Shin Hyesung e Lee Minwoo. Ele não era um dos rappers, mas ele não tinha o mesmo número de linhas para cantar do que os outros dois. Foi assim no primeiro álbum, The Solver, e no segundo, T.O.P.

Ainda assim, o perfil de Dongwan no grupo era o perfeito estilo rebelde, quando ele teve uma participação interessante na música Yo!. Muitas das apresentações dessa música mostram um Kim Dongwan com maquiagem pesada e cabelo espetado, em uma versão muito louca de um garoto foto e muito bonito.

O Shinhwa não fez muito sucesso com seus dois primeiros álbuns. The Solver não pode ser nem mesmo considerado um álbum de sucesso, e T.O.P. foi apenas um álbum de estatísticas modestas. O terceiro álbum, Only One, veio para mostrar o que aconteceria: o Shinhwa tinha potencial para ser grande, e a sua ascensão era inevitável. O quarto álbum selou o sucesso do grupo, e Kim Dongwan estava lentamente cavando seu próprio espaço no grupo: maiores participações nas músicas e mais visibilidade. Durante esse período, ele começou a mostrar-se como indivíduo, tendo inclusive uma atividade de muito sucesso como DJ no programa de rádio 1010 club.

Foi o sétimo álbum do Shinhwa – que é considerado o maior sucesso do Shinhwa – que Kim Dongwan mostrou seu pontencial por completo. Ele teve a oportunidade de mostrar o cantor que é, incluindo nesse álbum uma música totalmente cantada por ele, com Eric fazendo o rap (a música Liar) e uma música composta por ele, Set Free.

O oitavo álbum, State of the Art, apenas selou o que já era visível, tirando Kim Dongwan do estereótipo de terceiro cantor, mostrando-o em uma competição amigável com Shin Hyesung como a voz mais bonita do Shinhwa. Apesar disso, no nono álbum do grupo, The Shinhwa 10th Anniversary Edition, Kim Dongwan teve apenas uma participação apagada, fazendo com que muitos considerassem um desperdício de seu talento.

KIM DONGWAN, O CANTOR SOLO

Foi em 2003 que os membros do Shinhwa decidiram sair solo pela primeira vez. O movimento, iniciado por Lee Minwoo, e seguido por Shin Hyesung e Park Junjin, aconteceu porque o grupo terminou seu contrato com a SM Entertainment e assinou com uma nova companhia, GOOD Entertainment, o que causou um hiato em suas atividades. Kim Dongwan não fez nenhuma tentativa de carreira solo: ele era parte do Shinhwa. Mas isso não o impediu de lançar-se na carreira de ator, interpretando em seriados e até mesmo estrelando um filme.

Em 2003, ele apresentou-se solo no programa Yoo Do Hyun Love Letter com a música Lately (originalmente gravada por Stevie Wonder), em uma performance muito aclamada e considerada, por muitos fãs, como uma de suas melhores. Além de poucas apresentações especiais na TV e alguns solos nos concertos do Shinhwa, Kim Dongwan apenas cantava em grupo.

Mas em 2007 isso mudou. Kim Dongwan decidiu lançar um álbum solo, e foi contra as mais otimistas expectativas, aliando-se a uma pequena companhia para lançar um álbum completo. Por causa de supostos desentendimentos com a companhia do Shinhwa, GOOD Entertaiment, e seu espírito livre – não, Kim Dongwan não vendeu sua alma para vender sua música, ele escolheu a H2 Entertainment para produzir seu tão esperado álbum solo. E Kim Dongwan Is surgiu depois de meses de gravações dolorosas e algum atraso. O álbum, com 12 faixas, a maioria inédita, não era esperado daquela forma. Os fãs aguardavam um single, como fez seu amigo Junjin, para preparar o público para seu grande voo.

O álbum foi um sucesso, e Kim Dongwan Is chegou ao topo da Hottracks e da Hanteo charts por dias. Kim Dongwan ganhou o Inkigayo Multizen Award com sua música Handkerchief (Sonsukeon). O sucesso ficou mais visível com o lançamento da edição repack, em outubro de 2007, trazendo 2 músicas inéditas e alguns presentes para os fãs. A música Listen… for Shinhwachangjo foi composta por Kim Dongwan para suas fãs.

2008 foi um ano cheio para Kim Dongwan, porque ele estava envolvido com as gravações do nono álbum do Shinhwa, o seu segundo álbum solo, os concertos de aniversário do Shinhwa e seu alistamento. Com tantas atividades ao mesmo tempo, Kim Dongwan sofreu. Ele até mesmo teve um colapso durante um programa de TV, e teve que ser subitamente internado [ e ainda teve tempo para postar uma foto em seu blog! ]

 Seu segundo álbum atrasou como o primeiro. O lançamento tinha sido anunciado para o início de 2008, mas só aconteceu em maio. A surpresa para os fãs foi ainda maior: Kim Dongwan conseguiu reunir um repertório versátil de músicas, representando seu estilo único. Com 14 faixas, The Secret; Between Us não foi nada como o primeiro álbum. O segundo trabalho tem muito mais a voz de Kim Dongwan, não conta com muitos duetos, as músicas são mais variadas e é possível encontrar desde as tradicionais baladas até o estilo grand beat. A música principal, The Secret, tem uma batida eletrônica que colocou Kim Dongwan para dançar no palco. E as fãs para gritar na audiência.

A edição repack foi lançada em julho de 2008, seguida por um showcase, no dia 23, apenas para convidados e para a imprensa. O showcase tinha a intenção de mostrar um lado diferente de Kim Dongwan: seu talento para cantar, com uma banda e toda estrutura de um grande concerto.

Na verdade, o showcase foi mais uma preparação para o que viria depois: seu primeiro concerto solo. Todos os membros do Shinhwa, com exceção de Eric, tiveram concertos solo. Kim Dongwan, apesar de dois álbuns e seu grande talento, ainda não tinha tido nenhum. E tudo foi arrumado para acontecer nos dias 20 e 21 de setembro. The Promise, o concerto, aconteceu no Ewha Women University, em Seul, e reuniu fãs de todo o mundo. Dois dias de mágica e sonhos que nunca serão esquecidos.

Tudo estava muito perto do fim, no entanto. Era esse o sentimento geral. O dia de seu alistamento seria 17 de novembro, e foi assim anunciado. Kim Dongwan estava com pressa, porque ele ainda tinha que gravar seu último single, com o mesmo nome do conferto, Promise. Com apenas 2 faixas, Promise veio para as fãs com o gosto amargo da despedida, preenchido com dor e melancolia. A introdução é um discurso de Kim Dongwan dizendo adeus, pedindo que todos estejam bem e vivam suas vidas. A música Can’t Forget é uma balada de voz e piano, com um clipe musical que mostra Kim Dongwan cortando seu cabelo no estilo militar. Se era esperado fazer com que os fãs chorassem, o clipe definitivamente atingiu seus objetivos.

Em 17 de novembro de 2008, mais de 200 fãs foram despedir-se de Dongwan no centro de treinamento de GongJu. Ele ficou fora dos holofotes, totalmente isolado, por um mês, enquanto fazia seu treinamento militar, e depois passou ao serviço civil. Ainda assim, é vedado, pelas leis Coreanas, que os homens que servem o exército exerçam qualquer outra atividade que não o serviço público. Kim Dongwan terminou seu período de alistamento em novembro de 2010, e retornou para seus fãs, que, como ele pediu, não o esqueceram. Durante o alistamento, ele manteve contato com todos, através de seu blog pessoal, o oreobox.

KIM DONGWAN, O ATOR

Como ator, Kim Dongwan começou na TV bem cedo. Ele atuou em dramas desde o início, e é possível vê-lo bem jovem em Children of Heaven (2002). Antes disso, ele já tinha feito o especial Nonstop, em 2001.

Sua carreira estabilizou-se em 2004-05. Em 2004 ele atuou como personagem principal do filme Spinkick. O filme, também conhecido como Taekwondo Boys, tratou de uma história simples: estudantes problemáticos de uma escola Sul Coreana tiveram que juntar-se ao time de Taeokwondo da escola para não serem expulsos. O filme mostra os estudantes em várias situações e seu crescimento como pessoas e atletas.

Apesar da boa atuação de Kim Dongwan e das expectativas, Spinkick não foi um sucesso. A bilheteria não rendeu o esperado e Kim Dongwan não se sentiu confortável com isso. Ele revelou ter estado sob um terrível stress, que culminou com o retorno ao hábito de fumar. Muitos fãs temeram que o fracasso do filme fizesse Kim Dongwan desistir da sua carreira como ator.

Mas em 2005 novos papeis trouxeram Kim Dongwan de volta, e dessa vez ele detonou as audiências.

Ele estrelou o seriado Goodbye Sadness (A Farewell to Sorrow) da KBS e foi uma grande sensação. No mesmo ano, Kim Dongwan também participou de 2 episódios da série Best Theatre, estrelando o episódio 610, Magic Power Alcohol e também participou da série Beating Heart da MBC, como ator coadjuvante.

A maioria das críticas à sua atuação era favorável, o que encorajou Kim Dongwan a continuar sua carreira. As atividades com o Shinhwa, principalmente em 2006, o impediram de participar de mais seriados até 2007, quando ele decidiu preparar seu álbum solo e participar da série The Person I Love da SBS, também como ator principal.

Mesmo tendo sido 2006 um ano no qual Kim Dongwan não teve nenhum grande papel como ator, ele participou dos antológicos clipes musicais do trio Sul Coreano SG Wannabe, Partners for Life eSlow. Os clipes são uma sequência, e contam a história que mais seria adequada a um filme, na qual Kim Dongwan assume o papel de um sequestrador que se apaixona pela sua refém. Uma história de amor com um final trágico, Slow termina de uma forma realmente Shakespeariana e consegue arrancar lágrimas da audiência mais desavisada.

O seriado The Person I Love estreou no início de 2007, mas, mesmo com uma boa produção, não teve uma boa receptividade do público. A história era muito complexa, e a audiência poderia facilmente perder-se no roteiro. A personagem de Kim Dongwan era diferente das outras que ele já tinha interpretado, mostrando um homem amargo e muito confuso.

Por causa da baixa audiência, a SBS decidiu terminar o seriado 10 episódios antes do previsto. Isso não foi uma boa jogada, pois muitos netizens protestaram. Primeiro porque o roteiro já era difícil de entender, e o final prematuro deixou a história incompleta. Segundo, a audiência sentiu-se desrespeitada. Novamente, Kim Dongwan enfrentou as dificuldades da carreira de ator. Sua atuação recebeu críticas positivas, apesar do fracasso do seriado.

Foi enquanto que Kim Dongwan decidiu esperar. 2008 foi um ano difícil, por causa das gravações de seu segundo álbum, as atividades com o Shinhwa, sua despedida dos fãs e seu alistamento. Com tanto trabalho, ele não teria tempo para dedicar-se à carreira de ator. Em algumas entrevistas, ele disse que tentaria melhorar sua técnica e escolher personagens mais desafiadores. Mas esses desafios ele encararia apenas quando retornasse do alistamento, o que, realmente, aconteceu.

Em 2011, depois de um período o Japão, negociando com sua nova companhia, e gravando um novo single, Summer Girl, Kim Dongwan retornou a Seul e tomou parte no musical Hedwig and the Angry Inch. Levando a sério a proposta de apostar em personagens desafiadores, Kim Dongwan interpretou, no musical, uma personagem transexual. O musical, primeiro em sua carreira, iniciou suas apresentações em maio de 2011, terminando em agosto do mesmo ano.

CURIOSIDADES, FATOS E COISAS ESTRANHAS

Kim Dongwan tem suas manias, como todo ser humano. Seus amigos já apontaram todas as suas esquisitices, e você pode saber algumas curiosidades sobre ele.

 A casa de Kim Dongwan

 

Uma revista de decoração publicou fotos da casa de Kim Dongwan. As fotos são lindas, e mostram como o lugar deve ser claro e estiloso. A parte mais engraçada: os chapeus e sua coleção de camisas muito decorativas!

Goguma

Kim Dongwan foi tutor, por longos anos, de um cão chamado Goguma. O nome significa “Batata Doce”, e é um Poodle marrom que sempre pareceu ser tão doce quanto seu nome.

Goguma, ou Guma, como também pe chamado, já apareceu diversas vezes no blog de Kim Dongwan, em programas de TV (como o Manwon Happiness) e fez parte de uma edição especial da revista VOGUE Coreana, com vários animais famosos. Uma celebridade!

Durante a participação de Kim Dongwan no programa I Live Alone, Goguma foi presente em vários episódios. Em 2016, revelou, no mesmo programa, que Goguma faleceu em razão de um tumor na garganta que o impediu de respirar.

O rei do espelho

Kim Dongwan adora espelhos. Onde ele estiver, se tiver um espelho, ou até mesmo um vidro, ele terá que parar em frente a ele para checar seu visual ou ajeitar seu cabelo. Ele tem uma fascinação tão grande por espelhos que há um extra do DVD do concerto Summer Story Festival com uma brincadeira, na qual o chamam “rei do espelho”.

Altura

Kim Dongwan não gosta da sua altura. Ele acha que é muito baixinho e gostaria de ser mais alto. Uma vez, durante um programa de TV, ele confessou que o assunto “altura” o constrange e o deixa nervoso. Várias vezes ele disse que gostaria de ser mais alto, com braços e pernas mais longos.

Ele é o segundo mais baixo do Shinhwa, com apenas 1,76m de altura.

Diário

Falante e ídolo dedicado, Kim Dongwan gosta de manter um diário para comunicar-se com seus fãs. Seu primeiro diário começou há bastante tempo e ele ainda mantém um blog para contar suas aventuras.

O seu diário mais famoso foi o NOVEMBER 21 {http://november21.co.kr}, que começou quando ele assinou com a H2 Entertainment para lançar seus trabalhos solo. Os posts desapareceram, tendo sido deletados depois de um incidente com seus fãs que o machucou profundamente. Então o NOVEMBER 21 acabou depois de um bom tempo com posts divertidos.

Depois do alistamento e durante o serviço militar – ele se alistou em 17 de novembro de 2009, e passou 20 dias de treinamento militar – as fãs não sabiam se ele reabriria o NOVEMBER 21, que foi definitivamente fechado antes disso. Mas Kim Dongwan decidiu que seria muito “cruel” cortar o contato de mais de 2 anos, e abriu outro canal de comunicação, um blog Naver, com o nome “oreobox” {http://memolog.blog.naver.com/oreobox}

Garoto saúde

Kim Dongwan é muito saudável. Ele mostra isso com bastante frequência, apesar de adorar beber. Ele malha muito, desde que o Shinhwa começou, e sempre teve um corpo bem definido. Ele gosta de correr e de comidas saudáveis. Ainda, Kim Dongwan gosta de se informar sobre doenças e outras coisas, lendo tudo que pode sobre a manutenção da boa saúde.

Durante as gravações do seu primeiro álbum, no entanto, Kim Dongwan mostrou uma imagem muito magra, diferente do que estávamos acostumados. Perguntado sobre isso, ele disse que perdeu peso por dois motivos: ele estava fazendo muitas atividades aeróbicas por causa da voz e porque um cantor de baladas não deveria ter uma imagem muito musculosa.

Atualmente, ele voltou à sua boa forma e exibe músculos esbeltos e definidos por sob as camisas, além da tão famosa “barriga de tanquinho”.

 PÁGINA CONSTANTEMENTE ATUALIZADA.

 

[1] Em Português, o nome do grupo de Kim Dongwan, o Shinhwa, significa “LENDA”.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s